EPTOLIVA VENCE PELA TERCEIRA VEZ CONSECUTIVA O CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO EM TÁBUA

Download PDF

eptolivaNo âmbito do programa “Empreendedorismo nas Escolas da Região de Coimbra” e sob o slogan “Imagine. Create. Succeed.” promovido pela Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM-RC) em parceria com os 19 municípios seus constituintes, decorreu no Centro Cultural de Tábua, o Concurso Municipal de Ideias de Negócio Expo Empresas, dinamizado pelo Município de Tábua, em parceria com o Agrupamento de Escolas de Tábua, a EPTOLIVA – Escola Profissional e o GIP – Gabinete de Inserção Profissional de Tábua. De entre as oito ideias de negócio apresentadas a concurso na categoria de ensino secundário e profissional, sagrou-se vencedor o projecto “Quicly Heal” da autoria de Bruno Paulino, que irá representar o Concelho de Tábua, na Final Intermunicipal a realizar no dia 2 de Abril, em Tábua, e onde estarão representadas todas as equipas provenientes dos vários Municípios que integram a CIM RC. Empreendedor de ideias sustentadas na farmacêutica e saúde, como foi o caso da pasta dentífrica “Sorridente” e das fradas “Genes da Serra”, Bruno Filipe Antunes Paulino, finalista do Curso profissional de Técnico de Auxiliar de Saúde em funcionamento no Pólo de Tábua da EPTOLIVA, vence pela terceira vez consecutiva o Concurso Municipal de Ideias de Negócio em Tábua, tendo também já conquistado a vitória na final do Concurso Intermunicipal em 2016.Desta feita, e sob a orientação da docente de Física e Química, Honorata Pereira, o projecto vencedor “Quicly Heal” baseia-se na criação de pensos rápidos biodegradáveis com função antibacteriana e uma solução desinfectante que substitui a Iodopovidona presente no medicamento comercialmente conhecido por Betadine. Esta ideia tem sido apoiada e desenvolvida em colaboração com a BLC3 – Campus de Tecnologia e Inovação, onde os produtos referidos já foram sujeitos a análises químicas e biológicas. Ainda que este concurso não previsse atribuir outro prémio, para além do vencedor, o Júri distinguiu também com Menção Honrosa o projeto “Sweet Snack”, um salame saudável sem açúcar, lactose e glúten designado às máquinas de Vending, desenvolvido por Beatriz Borges e Sónia Ferreira, alunas do 2º ano do curso Técnico de Auxiliar de Saúde da EPTOLIVA.O presidente da direcção da ADEPTOLIVA, Daniel Dinis Costa, presente nesta cerimónia, congratula-se com mais “esta demonstração das boas práticas do ensino praticado na Escola Profissional, e que mais não é que, um reconhecimento ao trabalho diário de professores e alunos que tanto tem contribuído para o sucesso do Projecto Educativo da EPTOLIVA, tornando-a na Escola mais empreendedora da Região”.