História

Download PDF

RÁDIO CLUBE DE ARGANIL 

Cooperativa de Rádio CRL

No dia 25 de Dezembro de 1985, o senhor Fernando Brandão, fotógrafo nesta vila, oferecia ao filho um pequeno aparelho de radiodifusão, brincadeira essa que rapidamente se transformou num fenómeno de popularidade com emissões mais ou menos regulares a partir de determinado horário.

Logo imediatamente «batizado» com o nome de RÁDIO CLUBE DE ARGANIL, acrescentou-se-lhe o slogan «A voz da Beira Serra», tendo imediatamente merecido a atenção e a curiosidade dos habitantes da vila e arredores, porque a pouca potência dos aparelhos não permitiam uma grande cobertura.

Os estúdios foram montados num sótão da casa do Sr. Fernando Brandão e a antena no telhado da mesma casa. Muitos dos actuais locutores e colaboradores tiveram logo aí a sua primeira grande «escola» de rádio.

Vivia-se, então, o fenómeno de crescimento e proliferação das chamadas «Rádios-Pirata», vindo o governo, através da Secretaria de Estado da Comunicação Social, a estabelecer regras que disciplinassem o sector, mercê da publicação de legislação com a atribuição de frequências e alvarás para o exercício da radiodifusão.

Assim, no dia 13 de Abril de 1987 é realizada no Cartório Notarial de Arganil a escritura de constituição da cooperativa, tendo, então, comparecido perante o notário: Dr. Manuel Barreto Almeida Leite, Dr. José Anselmo Dias Rodrigues, João Paulo Dias Fernandes, Manuel Simões Lopes, Padre Manuel das Neves Contumélias, Prof. José Ramos Mendes, Joaquim Marques Fernandes, António Joaquim Alves da Pena, Pedro Alexandre de Carvalho Rodrigues, Fernando José Sérgio Brandão, João Bilha Rosa Santos, Álvaro Fernando Ferreira Pinto, João Paulo Travassos da Cruz, Fernando José Brandão, Dr. Pedro Pereira Alves, Mário Carlos Andrade Pereira, António Carvalhais da Costa, Alfredo Manuel Machado André, Nuno Miguel Travassos da Cruz e Margarida Maria Paiva Ventura.


Pág. 1 de 5

1 2 3 4 5 > Seguinte >> Fim

Comentários fechados.