Plano Anual de Atividades 2015

Download PDF

INTRODUÇÃO

Chegado ao fim o presente ano de 2014, com ele chega também ao final o mandato dos atuais órgão sociais desta cooperativa que dirigiram os seus destinos durante o último biénio 2013/2014.

Tratando-se de um balanço de mandato e de apresentação de um novo Plano Anual de Atividades, podemos concluir que a grande maioria das propostas apresentadas nos anos anteriores foram concretizadas, apesar dos condicionalismos económicos que, forçosamente, também marcam a vida desta cooperativa.

Procurámos, ao longo destes dois anos, modernizar tecnologicamente os nossos meios pois, como todos sabem, a qualidade das nossas emissões estão muito dependentes desta condição. Mas, procurámos, também, priorizar os investimentos de modo a que nada faltasse em meios e em materiais de modo a que a Rádio Clube de Arganil se possa continuar a assumir uma verdadeira referência na comunicação social da Beira Serra e da zona centro do País, mantendo sempre um equilíbrio financeiro fundamental para a sua estabilidade.

Apresentamos um Plano de Atividades consciente, sério, sem grandes ambições, conscientes do momento económico e social que atravessamos, deixando algumas ideias para a futura direção na área dos meios técnicos, da programação ou dos recursos humanos.

Temos consciência do nível que atingimos, mas ainda há um longo caminho a percorrer, sempre com muito trabalho e dedicação por parte de todos os intervenientes pois, só deste modo, poderemos continuar a orgulhar-nos do nosso trabalho junto das populações e dos ouvintes que fielmente nos seguem através dos nossos emissores (88.5 e 97.3 fm) e da nossa emissão on-line em www.rcarganil.pt

1.MEIOS TÉCNICOS

A modernização tecnológica tem sido uma preocupação desta e de anteriores direções, encontrando-se, neste momento, o RCA bem apetrechado quer ao nível dos estúdios, quer dos Centros Emissores do Mont’Alto, Aveleira e Piódão.

Em 2015, a nossa ação incidirá, essencialmente na:

  • Aquisição de um gerador para o estúdio
  • Aquisição de uma UPS para a secretaria
  • Aquisição de novos leitores de cd
  • Aquisição de um novo programa de gravação contínua;
  • Reparação de aparelhos ou sua eventual substituição,

2.RECURSOS HUMANOS

O quadro de pessoal não tem sofrido alterações nos últimos três anos, pelo que a situação atual é a seguinte:

  • 2 locutoras/jornalistas;
  • 1 locutora em part-time (4 horas por semana em regime de prestação de serviços;
  • 1 vendedor de publicidade a tempo parcial em regime de prestação de serviços;
  • 1 estagiário em regime de estágio profissional durante nove meses (de 1 de dezembro a 31 de Agosto de 2015)

Dados os condicionalismos atuais e as necessidades da empresa, não se prevê qualquer alteração a este quadro em 2015.

3.PROGRAMAÇÃO

Ao nível da programação continuaremos a apostar e a reforçar as seguintes linhas orientadoras:

  • Programação generalista com abrangência dos diversos públicos-alvo;
  • Predomínio da música portuguesa;
  • Prioridade aos programas de entretenimento e informativos;
  • Continuar a privilegiar a informação local com blocos informativos que proporcionem a divulgação dos acontecimentos e factos locais e regionais;
  • Reportagens de exterior privilegiando os diretos sempre que os mesmos se justifiquem;
  • Trazer a rádio para a rua com programas em direto sempre que possível – programas a realizar nas sedes de freguesia, nas coletividades e Comissões e durante a realização de alguns eventos;
  • Fazer a cobertura jornalística dos grandes acontecimentos da região – políticos, sociais, culturais,  recreativos, desportivos, com destaque para o concelho de Arganil e de Góis;
  • Fazer a cobertura da FICABEIRA;
  • Fazer a cobertura da Feira das Freguesias;
  • Fazer a cobertura de alguns eventos noutras freguesias e noutros concelhos;
  • Fazer a cobertura dos jogos de futebol da AAA nos jogos a realizar, pelo menos, em Arganil.
  • Colaborar com as autarquias e as instituições locais.

4.MARKETING

Trata-se de uma área onde necessitamos de apostar na divulgação das nossas atividades e programação.

  • Presença em diversos eventos de índole cultural e desportiva com outdoors, cartazes e outros;
  • Presença na Ficabeira, no Goisarte e na FACIG;
  • Aquisição de novos cubos para os microfones;
  • Aposta no desenvolvimento e atualização da nossa nova página na internet – www.rcarganil.pt

5.INTERVENÇÃO SOCIAL E CULTURAL

  • Organização de festas e convívios, nomeadamente:
  • Convívio das madrinhas (finais de Maio)
  • Convívio de Natal (meados de Dezembro)
  • Atingir os dois mil sócios em 2015 (por se revelar uma importante fonte de receitas);
  • Organização de espetáculos/emissões ao vivo, abertos ao público;
  • Organização de diretos de vários pontos da região;
  • Sonorização da vila pelo Natal;
  • Sonorização da vila e recinto durante a Ficabeira e Feira do Mont’Alto;
  • Colaboração com a Câmara Municipal na realização de vários eventos;
  • Participação com um stand na Ficabeira e na FACIG;
  • Presença em eventos diversos através de emissões em direto ou de reportagem de exterior;
  • Participação e cobertura de outros eventos de índole cultural, social, política e desportiva.


6.INSTALAÇÕES

A prioridade de investimento nesta área no ano de 2015 será na renovação do estúdio principal, destacando:

  • Revestimento de um terço das paredes do estúdio com madeira;
  • Revestimento de dois terços das paredes do estúdio com material adequado para o efeito;
  • Instalação de um teto falso;
  • Instalação de nova iluminação;
  • Mudança da porta do estúdio.

CONCLUSÃO

As propostas aqui apresentadas são aquelas que, na nossa opinião, terão maiores hipóteses de concretização por não imputarem grandes custos.

Vamos apostar, essencialmente, na manutenção dos equipamentos e na modernização daqueles que se considere mais prioritários.

Temos consciência que vivemos uma época difícil em que a aposta na publicidade de muitas empresas não é prioritária, daí a necessidade de se procurarem novas formas de financiamento e de promoção, nomeadamente a captação de novos sócios, campanhas de pagamento de quotas em atraso e convívios.

Queremos dar passos pequenos, mas seguros, que não ponham em causa a estabilidade económica que tão dificilmente conseguimos, e o cumprimento das nossas obrigações.

Estamos certos que, com o presente Plano de Actividades, continuaremos a dignificar esta emissora, levando bem longe «A VOZ DA BEIRA SERRA».

Arganil, 30 de Dezembro de 2014

A Direcção

Comentários fechados.