Turismo Centro de Portugal promove país na China

Download PDF

A ARPT Centro de Portugal iniciou, ontem, a participação na edição de estreia da IBT China. Uma feira para profissionais de turismo que, durante três dias, tem como palco o Shanghai World Expo Exhibition and Convention Centre.Com a presença garantida dos mais importantes agentes de viagens chineses – em número de 600 – o presidente da ARPT Centro de Portugal não tem dúvidas de que “Portugal e, em particular, o Centro do país, têm condições altamente atractivas para o mercado chinês, como o clima, a segurança e a excelência da gastronomia.” Para Pedro Machado, “este é um mercado susceptível de estadias mais longas, e que pode contribuir para combater factores como a sazonalidade. Os chineses viajam, preferencialmente, em Fevereiro e Outubro, meses que coincidem os principais feriados do país. Os agentes ligados ao sector do turismo em Portugal devem, portanto, procurar aprofundar o conhecimento da cultura deste povo, de modo a terem a capacidade de ajustar a oferta às suas necessidades.”A presença da ARPT Centro de Portugal na IBT China resulta do Plano de Promoção da Marca definido para este ano. Afinal, a China é já hoje o mercado mundial mais importante para o sector do turismo: 137 milhões de turistas chineses só em 2016! Um número que tem tendência para aumentar, até em função do crescimento da classe média do país.E como Portugal é, também, o destino de eleição de um cada vez maior número de chineses – +19,1% de hóspedes e +13,7% de dormidas em 2016, face a 2015 – o presidente da ARPT Centro de Portugal considera que “a participação na IBT China é importante para o desenvolvimento do conhecimento mútuo entre países e para o estreitamento de relações com os agentes locais. A China é candidata a entrar no Top 10 dos emissores para a hotelaria portuguesa e, por isso mesmo, não podíamos deixar de estar presentes no certame e com uma inédita brochura desenvolvida exclusivamente para o mercado”.turismo-foto