TRIBUNAL DA RELAÇÃO CONFIRMA ABSOLVIÇÃO DE LURDES CASTANHEIRA

Download PDF

O Tribunal da Relação de Coimbra negou provimento ao recurso interposto pelo antigo Vice-Presidente da Câmara Municipal de Góis, confirmando a decisão de absolvição e de arquivamento do caso em que Lurdes Castanheira era acusada dos crimes de difamação e injuria.Com efeito, ao confirmar a anterior decisão do Tribunal de Instrução ao não pronunciar Lurdes Castanheira, conclui este Tribunal de 2ª Instância que as expressões utilizadas não são susceptíveis de atingir a honra individual do candidato independente derrotado nas últimas autárquicas, nem seria essa a sua pretensão, tanto mais que as mesmas foram proferidas no âmbito das funções públicas que ambos assumem e da luta política protagonizada. Em comunicado enviado ao RCA pela Comissão Politica do PS de Góislurdes, “Lurdes Castanheira, satisfeita com o facto de uma vez mais se ter feito justiça, considera que esta decisão vem encerrar um episódio que em nada contribui para dignificar a vida política e cuja acusação e recurso apenas serviram como de prova de vida política de quem continua a não ter um projecto para o desenvolvimento de Góis”.