Três praias fluviais no concelho de Arganil reconhecidas com galardões de qualidade

Download PDF

DSC04568Foram içadas, no concelho de Arganil, em três praias fluviais, bandeiras, que atestam a qualidade das suas águas. Assim sendo, no Piódão foi içada a Bandeira Azul, em Pomares, a Bandeira Praia Acessível e nas Secarias, as Bandeiras Azul, de Ouro e Praia Acessível. O evento ocorreu em cada uma das freguesias, onde a comitiva, constituída por Luís Paulo Costa, vice-presidente da Câmara Municipal de Arganil e por dois representantes da Agência Portuguesa do Ambiente – ARH Centro, Paula Garcia e Pedro Sobral, foi recebida pelos respectivos autarcas de cada uma das freguesias. Os autarcas locais, nomeadamente, Ricardo Lopes Pacheco, Armando Nascimento e Leonel Costa, respectivamente presidente da Junta de Freguesia do Piódão, Pomares e Secarias, foram unanimes em manifestar a sua “enorme satisfação” por, mais uma vez, verem hasteadas nas suas praias os galardões que reconhecem “a excelência das águas e ambiente, acessíveis” e por isso inclusivas para todos. Entretanto, na praia fluvial da Cascalheira, em Secarias, onde foram hasteados os três galardões, o presidente da Junta de Freguesia, Leonel Costa, não deixou de manifestar “o seu orgulho, a sua satisfação, mesmo a honra por este reconhecimento” que, como salientou, “se deve ao facto do grande trabalho desenvolvido pela Junta que presido, com o apoio da Câmara Municipal”. O autarca local recordou ainda que quando iniciou o seu mandato, “o que mais me chocou foi ver a dificuldade de acesso à praia por parte de uma pessoa deficiente”, congratulando-se por “actualmente este problema estar resolvido”. “Hoje as pessoas com deficiência podem ir até à água, na sua cadeira de rodas, sem precisarem de ajuda”, frisa, com visível contentamento. No final do périplo pelas três praias fluviais, Paula Garcia, confessou que “gostou muito de vir ao concelho de Arganil, onde não vinha há alguns anos e foi uma agradável surpresa”, salientando ainda que a Câmara Municipal de Arganil “está de parabéns por todos os galardões que foram conseguidos, assim como as Juntas de Freguesias”. Na opinião da representante da Agência Portuguesa do Ambiente – ARH Centro, a atribuição das referidas bandeiras reflecte, “um trabalho e uma preocupação em preservar e dotar os espaços de condições que garantam aos banhistas e às pessoas no geral, a qualidade e a segurança que precisam”, fazendo votos para “que continuem e que mais espaços possam vir a usufruir destes galardões”.