Transitex “devolve” habitação a casal desalojado nos incêndios de Outubro

Download PDF

DSC_0550António Agostinho e Fernanda Silva são um casal sexagenário, residente em Vinhó, União de Freguesias de Vila Cova de Alva e Anseriz, cuja habitação ficou parcialmente destruída pelo incêndio de 15 de Outubro, o que a tornou inabitável. Após o incêndio, o casal ficou alojado em casa de familiares em Coja, e só ontem voltou a dormir na sua casa, depois da reabilitação de que foi alvo, fruto do projecto “Juntos por Arganil”, da responsabilidade da empresa de operação logística Transitex e que contou com apoios de clientes, parceiros e amigos, que contribuíram com material de construção, móveis e electrodomésticos. Trata-se de um casal que conta somente com 300 euros mensais para viver, provenientes do subsídio de desemprego de António Agostinho, desempregado á quatro anos, uma vez que a sua esposa é doméstica e nunca auferiu qualquer tipo de rendimento. Por isso, se não tivesse sido a colaboração da Transitex, que chegou a esta família através da SOS Arganil, (plataforma solidária criada para ajudar as vitimas dos incêndios do concelho de Arganil), este casal muito provavelmente ainda não teria regressado á sua casa. Acompanhados por Fernando Lima, administrador da empresa, Rodrigo Oliveira, fundador da SOS Arganil, Paulo Amaral, presidente da União de Freguesias de Vila Cova de Alva e Anseriz, e alguns familiares, foi com muita emoção e algumas lágrimas que o casal entrou ontem em casa a meio da tarde, totalmente recuperada e com mobiliário e electrodomésticos novos.