Ricardo Pinto é o novo presidente da direcção da União Recreativa da Urgueira

Download PDF

tvApós dez anos enquanto presidente da direcção da União Recreativa e Cultural da Urgueira, Avelino Figueiredo deu lugar a Ricardo Pinto, integrando na mesma os corpos sociais como vogal. A única lista apresentada a sufrágio foi aprovada por unanimidade, apresentando ainda na direcção como vice-presidente Gonçalo Roxo, como secretário Paulo Costa e Ricardo Baptista como tesoureiro. Já na Assembleia Geral, Rui Franco mantém-se como presidente, sendo António Roxo o presidente do Conselho Fiscal. O presidente, eleito para o biénio 2017/2018, garantiu, após a cerimónia de tomada de posse que irá desempenhar a sua função “na mesma linha da anterior direcção”, com o intuito de que, com a ajuda de todos, “mesmo daqueles que não têm o nome na lista”, a União da Urgueira “continue a trilhar os caminhos do êxito nas iniciativas que promove”. Por seu lado, Rui Franco, regozijando-se com o facto da Assembleia em que foram eleitos os novos corpos sociais ter sido “bem participada”, sublinhou que “isso significa interesse e também disponibilidade”. “É preciso termos motivação e o projecto em que nos envolvermos tem que nos dizer alguma coisa”, frisou o presidente da Assembleia Geral reeleito, considerando que “a Urgueira tem sido exemplo de entreajuda e vai continuar concerteza”. Destacando a “grande dedicação” do presidente de direcção cessante, o também presidente da Junta de Freguesia de São Martinho da Cortiça manifestou a sua “admiração pela equipa que cessou funções” numa “associação que, sendo jovem, tem uma actividade intensa e um património considerável”, sustentou. Manifestando a sua satisfação por continuar a integrar os órgãos sociais desta colectividade, o presidente da Assembleia Geral defendeu no entanto, que é necessário haver “rotação de pessoas e cargos”. Até porque, afirmou, “há a entrada de pessoas novas mas o espírito vai manter-se”, com “novos eventos e outras ideias e isso é que vai enriquecendo a União”.