Rancho Infantil e Juvenil da Casa do Povo de Arganil homenageia a título póstumo Abel da Silva Gonçalves

Download PDF

fotoAbel da Silva Gonçalves, falecido á três anos, vai ser alvo de uma homenagem, pelo Rancho Infantil e Juvenil da Casa do Povo de Arganil, grupo ao qual pertenceu durante grande parte da sua vida e onde era conhecido pelo “homem do clarinete”, tendo ainda integrado a direcção. Assim sendo, será descerrada, amanha, na sede do Rancho, a Casa do Povo de Arganil, uma fotografia sua, iniciativa inserida nas comemorações do 57.º aniversário do grupo. Dando conta de que o homenageado esteve associado ao Rancho “durante muitos anos, desde quase quando começou”, João Rodrigues, frisou tratar-se de “um elemento importante” que “nunca faltou a nenhuma saída”, sublinhando que “é habitual prestarmos estas homenagens a quem nos tem ajudado”, e nesse sentido a fotografia de Abel da Silva Gonçalves ficará ao lado de outras lá colocadas anteriormente. O dia escolhido para esta “singela” homenagem, aquando da realização do 28.º Festival de Folclore do Rancho, também não foi ao acaso, pois de acordo com o presidente da direcção do grupo, o consagrado, “ajudava-nos muito neste dia”. No referido festival, agendado para as 21h00, a decorrer na Praça Simões Dias em Arganil, vão estar seis grupos, alem do grupo anfitrião, nomeadamente, um grupo Espanhol, Rancho da Associação Cultural S. Vicente de Manufe, o Rancho Flores da Primavera (Guisado, Caldas da Rainha), o Rancho Folclórico e Etnográfico de Reboreda (Minho), o Rancho Folclórico e Etnográfico Estrelas do Arnoia (Sancheira Grande), o Rancho Rosas de Vila Franca da Beira (Oliveira do Hospital) e as Concertinas de Vilarinho (Lousã).