“Produtos da nossa terra”

Download PDF

clds-fotoOs formandos dos cursos de Operador Agrícola e de Sapadores Florestais e alguns desempregados, tiveram oportunidade de escutar os testemunhos de quatro produtores/empresários locais que contaram na primeira pessoa como se pode criar o próprio emprego aproveitando os recursos locais. A iniciativa, ocorrida esta manha, foi da responsabilidade do CLDS 3G Arganil + Inclusiva, traduzindo-se num fórum, subordinado ao tema “Produtos da nossa terra”, em consonância com os testemunhos apresentados, pelos representantes das seguintes empresas, “Sabores de Arganil, Queijos e derivados”, “Donanna, Doces e Licores Tradicionais”, “Bioargus, Produtos Biológicos” e “Prazer Rural, Sabores e Aromas”. Agradecendo a colaboração do IEFP (Instituto de Emprego e Formação Profissional) na organização desta iniciativa, Elisabete Oliveira agradeceu em particular, aos produtores que “aceitaram partilhar a sua experiência na sua área de negócio”, explicando que o objectivo passou essencialmente por apresentarem “as dificuldades pelas quais passaram e as oportunidades que hoje existem”. Explicando que o CLDS é um projecto “abrangente” que tem “várias áreas de intervenção”, a coordenadora do programa recordou que uma delas é “apoiar as pessoas que estão em situação de desemprego”, pelo que, sublinhou, “considerámos que poderia ser importante dar a conhecer às pessoas, que estão numa situação de desemprego, projectos na área de produtos endógenos”, uma vez que, sustentou, “começa a haver aqui uma oportunidade para podermos desenvolver a nossa actividade profissional, quer na criação desse negócio, quer também na integração dos negócios que já existem”. Esperando que o fórum “vos mostre vários caminhos para o vosso futuro profissional”, a psicóloga, augurou que doravante se possa efectuar uma visita às empresas cujos proprietários deram o seu testemunho.