Prejuízos provocados pelos incêndios nas habitações no concelho de Arganil

Download PDF

Na sequência dos incêndios que fustigaram o Concelho de Arganil nos dias 15 e 16 de Outubro, estão no terreno, desde o passado dia 31 de Outubro, técnicos responsáveis pelo levantamento arquitectónico das casas de 1ª e 2ª habitação parcialmente ou totalmente destruídas pelas chamas.Com a colaboração de técnicos da Câmara Municipal e das Juntas e Uniões de Freguesia, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), através de equipas técnicas contratadas para este efeito, pretende concluir muito rapidamente este processo de levantamento rigoroso dos edifícios danificados; que é um elemento essencial para cumprir o objectivo de reconstruir o concelho de Arganil. Aos proprietários de casas de 1ª habitação, cujas obras de reabilitação sejam de valor inferior a 25 mil euros, a Câmara Municipal de Arganil sugere entrem em contacto com autarquia, através do gabinete de apoio à presidência. Relembra-se que o número de habitações totalmente destruídas pelos incêndios florestais que lavraram o Concelho de Arganil, no dia 15 e 16 de Outubro, já ultrapassa as 145, sendo que mais de 85 são de 1ª habitação.image001