Portugal sem mortes e mais 625 casos de covid-19 em 24 horas

Download PDF

Portugal contabiliza esta segunda-feira 625 novos casos de covid-19, segundo o relatório diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 17.047 mortes e 858.072 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando esta segunda-feira ativos 25.403 casos, mais 345 em relação a domingo.

O boletim da DGS revela que estão internados 340 doentes, mais 15 do que ontem. Nos cuidados intensivos estão 77 doentes, menos cinco do que no dia anterior.

Os dados divulgados pela DGS mostram que 280 pessoas foram dadas como recuperadas nas últimas 24 horas, o que aumenta o total nacional para 815.622 recuperados.

O número de contactos em vigilância pelas autoridades de saúde subiu para 578, totalizando agora 30. 375.

COMO ESTÁ O ÍNDICE DE TRANSMISSIBILIDADE?

O índice nacional de transmissibilidade (Rt) do coronavírus SARS-CoV-2 subiu de 1,05 para 1,09 e a incidência de casos de infeção por 100.000 habitantes subiu de 74,8 para 84,5.

Os dados do Rt e da incidência são atualizados à segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira.

HÁ 170 SURTOS ATIVOS NA REGIÃO DA GRANDE LISBOA

Há 170 surtos ativos na região da Grande Lisboa, segundo o número avançado na manhã desta segunda-feira à Rádio Renascença pelo coordenador regional para a resposta à pandemia. Duarte Cordeiro revelou que há surtos em escolas e também em festas e apela a que se avance na testagem.

O Governo reconhece que tem sido difícil reduzir os novos casos de covid-19 em Lisboa. A incidência em Lisboa tem vindo a aumentar nas últimas semanas. O concelho da capital já ultrapassou a linha dos 120 casos por 100 mil habitantes e, por isso, não avançouno desconfinamento.

Enquanto a maioria do país vê as restrições a serem aliviadas, Lisboa mantém as medidas. O teletrabalho permanece obrigatório, assim como o limite de encerramento para restaurantes e espetáculos culturais às 22:30 e o comércio às 21:00. Aos fins de semana e feriados, o horário de fecho é antecipado para as 19:00.

Fonte: SIC Notícias