Museu Internacional do Rali vai ser uma realidade em 2015

Download PDF

A Câmara Municipal de Arganil promoveu a sua tradicional festa de Natal que para além de um jantar convívio que decorreu nas instalações da EB1 de Arganil, contou ainda com animação a cargo dos próprios colaboradores da autarquia que se divertiram durante toda a noite com o já habitual Karaok em que até o presidente da edilidade e os seus vereadores participaram.

 Trata-se de uma pratica so executivo celebrar o Natal, num convívio como o que estamos a assistir, e naturalmente é também um momento importante para fazer um balanço do ano e ao mesmo tempo valorizar aquilo que são os sentimentos mais nobres do Natal, a amizade, a solidariedade, o humanismo e é isso que estamos aqui a fazer”, afirmou ao RCA Ricardo Pereira Alves. Posteriormente e efectuando um balanço do corrente ano, o presidente da Câmara Municipal de Arganil recordou que “temos tido um conjunto de iniciativas importantes, algumas em termos físicos, nomeadamente as obras de reabilitação urbana que temos vindo a fazer no centro de Arganil, o Pelourinho já concluído, o Cruzeiro em curso, o Paço Grande em curso e também um conjunto de investimentos que temos feito na área do ambiente que está praticamente concluído, a construção de quatro novas Etar’s em Sail, Sarnadela, Rochel e Folques”. Alem disso, sublinhou, “temos também alguns projectos que têm vindo a consolidar-se como é o caso do cinema em Arganil que tem sido um sucesso, com as sessões sempre esgotadas, as piscinas, que têm registado um aumento exponencial de utilizações e o trabalho que temos vindo a desenvolver na área social que é muito relevante”, referiu, apontando como exemplo o projecto RLIS. Entretanto no próximo ano, revelou, “temos previsto continuar esse ritmo de investimento na área do ambiente e também na área da mobilidade, nomeadamente, ao nível da requalificação da rede viária que também teve muitas intervenções este ano”. O edil lamentou apenas não ter dado “passos mais significativos em termos de obra no âmbito do Museu Internacional do Rali”, esperando todavia que “em 2015 seja possível”, pois sustentou, “temos já feito algum trabalho de casa, e agora falta avançar para a obra em si”. “Julgo que no próximo ano vamos dar um impulso significativo para que possa avançar e que possamos ter os carros que fizeram a história do rali e a parte interactiva com simulador no espaço da antiga Cerâmica Arganilense que é onde ficará localizado o Museu Internacional do Rali”, acrescentou ainda Ricardo Pereira Alves. O autarca garantiu ainda que “queremos que seja um projecto onde a Câmara não coloque um cêntimo, que seja financiado com Fundos Europeus e patrocinadores privados de forma a arrecadar a receita necessária para fazer o investimento, e é nisso que estamos a trabalhar”. Convicto da importância do Museu Internacional do Rali, o edil considerou tratar-se de um projecto que “alavancará o desenvolvimento de toda a região em diferentes domínios, porque tem uma componente de atractividade muito ligada àquilo que é a própria identidade do concelho de Arganil, a sua ligação com o Rali, e pensamos que isso alavancará outros investimentos na área do alojamento, da restauração e do comércio local”. Fazendo votos para que este Natal “seja marcado pela concórdia, pelo entendimento, amizade e solidariedade entre as pessoas, instituições e entre todos os Arganilenses”, o edil está confiante de que “todos juntos, a remar no mesmo sentido será possível ultrapassar as dificuldades”.