Município de Góis acolheu a oficina do Tourism Up

Download PDF

O Município de Góis acolheu a oficina do Tourism Up, LOGO GOISuma organização conjunta da Territórios Criativos e do Turismo de Portugal IP, no Auditório da Casa do Artista, na Vila de Góis, a qual contou com a apresentação de dez projectos associados à área do turismo e/ou promoção de produtos endógenos.

Participantes da Oficina do Tourism UP, em Góis:
Associação Activar (Lousã) – José Gaspar
Atelier do Ferro Quente (Góis) – Latifa Sayadi
Cooperativa Social e Agro-Florestal de Vila Nova do Ceira, CRL (Vila Nova do Ceira) – Helena Rodrigues
Loja Colaborativa de Góis (Góis) – Elisabete Ferreira
Lousitânea (Aigra Nova | Góis) – Luiz Alves
Parque Municipal de Campismo (Góis) – Paulo Carvalho
Portugal Notável (Coimbra) – Rita Miguel
Tasty-Valley (Quinta do Salgueiral | Vila Nova do Ceira) – Fernando Lopes
Trans Serrano (Góis) – Paulo Silva
Turismo de Experiências (Amiosinho | Alvares) – Natália Domingos

Na sessão de abertura, Mário Garcia, Vice-Presidente do Município de Góis, congratulou Luís Martins, da Territórios Criativos, pela organização do Tourism UP, um programa direccionado para os destinos de interior, uma mais valia no âmbito do reforço do espírito empreendedor.
De acordo com o programa, após a sessão de Team Work, cada participante procedeu à apresentação, cronometrada, dos seus projectos, perante o júri constituído por Henrique Alvarinhas, Presidente da Direcção da Associação de Juventude de Góis, Sandrine Alves, Técnica da ADIBER – Associação de Desenvolvimento Integrado da Beira Serra e Fátima Gonçalves, Técnica Superior de Turismo do Município de Góis.
Teresa Preta, um elemento da organização do Tourism Up, referiu que a oficina em Góis foi, até ao momento, a que contou com o maior número de inscritos, ressalvando ainda o grande potencial dos projectos apresentados.
Após uma análise, criteriosa e ponderada, foram seleccionados os 3 vencedores da oficina, sendo que, apenas, o primeiro lugar terá acesso directo ao programa de aceleração, habilitando-se a ganhar prémios monetários e em serviços.

1º lugar – Artesanato “Ideias 1000” e Turismo de Experiências – Alojamento Local – Casa da Natália e Vale Lustroso – Empreendedora: Natália Domingos

2º lugar – Tasty-Valley – Produção de cogumelos Shitake e Medronhos – Empreendedor: Fernando Lopes

3º lugar – Portugal Notável – Organização de visitas guiadas – Empreendedora: Rita Miguel

Como já foi referido, as oficinas são um meio de acesso directo ao programa de aceleração que integra 2 Bootcamps (30 horas de formação em regime de imersão) mentoria (30 horas de mentoria e acesso a uma rede de mentores) e acesso a um demo day com apresentação dos projectos a uma rede de investidores), contudo, todos os participantes não selecionados, bem como potenciais inscritos, têm ainda oportunidade de participação através do preenchimento e submissão do formulário – Inscrições Tourism UP <http://tourismup.pt/inscriccedilotildees.html>.

Continue a acompanhar este programa, a próxima oficina decorrerá em Coruche, no próximo dia 11 de Julho.