Moto Clube de Gois entaltece trabalho de colaboradores

Download PDF

O Góis Moto Clube aproveitou o habitual jantar de Natal para “reconhecer o trabalho de  cerca de 300 amigos que colaboram regularmente com o Moto clube” e “fazer o balanço dos eventos desportivos realizados ao longo do corrente ano”. Assim sendo, a nova sede deste clube motard, situada na Quinta do Baiao, foi pequena para acolher tantos amigos, colaboradores e patrocinadores.

Trata-se de uma prática existente desde o inicio do Moto Clube, sendo uma forma “de agradecer a todos os colaboradores”, frisou na ocasião, Jaime Garcia, uma vez que, sustentou, “no Moto Clube não há profissionais e só com a colaboração de todos se tem conseguido fazer inúmeras actividades, destacando-se a anual concentração motard”. O vice-presidente do  Moto Clube, deixou ainda alguns “agradecimentos a todas as instituições, empresas e particulares que têm ajudado a fazer crescer o clube ao longo de quase um quarto de século de existência”. O dirigente, solicitou ainda a colaboraçao de todos, já que, sublinhou,  “o Moto Clube só existe porque vocês existem e colaboram”, incentivando à inscrição dos apoiantes como sócios colaboradores, pois, acrescentou, “embora não paguem quota, constituem-se assim como sócios de pleno direito”. Vaticinando que a inauguração da sede seja uma realidade durante o ano de 2015,  Jaime Garcia assegurou que de qualquer forma o “Moto Clube continuará a trabalhar para elevar o nome de Góis, constituindo-se cada vez mais um parceiro na promoção do turismo”. Por seu lado,  Lurdes Castanheira,  mostrou-se disponível “para continuar a colaborar com o Moto Clube”, reconhecendo “o grande trabalho desenvolvido”.  Saudando todos os seus elementos, na pessoa do seu presidente, Rui Paulo, a edil saudou ainda todos “os que se têm dedicado a esta causa do desporto”, deixando tambem “uma palavra amiga aos funcionários da Câmara Municipal de Gois, pelo seu profissionalismo e colaboração que têm dado ao Moto Clube, em especial na altura da concentração motard”. Referindo-se à nova sede deste clube motard, a autarca deu “os parabéns pela obra feita” e assumiu desde logo a responsabilidade  dos “melhoramentos” que permitam “melhorar a entrada para esta infra-estrutura”, implementada num espaço cedido pela autarquia. Entretanto, durante o jantar, foi ainda recordado o “saudoso” Fernando Lopes Simões, mais conhecido por “Manganão”, colaborador assíduo do Clube, falecido em Setembro do corrente ano, tendo Jaime Garcia entregue á sua irmã um quadro com uma citação de Victor Hugo, “Os mortos são uns invisíveis, e não uns ausentes”. Manuela Simões, por sua vez, após receber esta “singela lembrança”,  ofereceu ao Moto Clube o colete motard que o seu irmão usava. Á semelhança dos anos anteriores, foram ainda entregues diplomas aos atletas e pilotos apoiados pelo Gois Moto Clube e que se têm destacado em competições nacionais e além fronteiras, como é o caso de Beatriz Novais, Mariana Garcia, Maria João Novais, Carolina Rosa, Paula Rosa, João Rosa, Ana Rita Bandeira, Cristiana Soares, Bruno França, Raquel Moita, Filipa Leitão e Leonor Guerreiro. Por ultimo e em nome do Gois Moto Clube, foi entregue um valor monetário aos Bombeiros Voluntários de Gois, ao Grupo de Escoteiros e ao grupo de Judo.