Mostra de Sabores e Lavores foi um sucesso

Download PDF

António Tavares na abertura da mostraA VIII Mostra de Sabores e Lavores Tradicionais, que decorreu no passado fim-de-semana, em Vila Cova de Alva, foi mais um sucesso, tendo contado, este ano, com a participação de cerca de 30 expositores oriundos de seis concelhos, bem como com a atuação de grupos culturais provenientes de três concelhos, nomeadamente de Arganil, Oliveira do Hospital e Tábua. Contando que este evento é sobretudo “uma festa do povo e para o povo”, António Tavares, presidente da União de Freguesias de Vila Cova de Alva e Anceriz, na sexta-feira (aquando a abertura da mostra), agradeceu aos expositores que participaram e às diversas instituições, enaltecendo que, pela primeira vez, os Bombeiros Voluntários de Coja estiveram a confecionar refeições. Na ocasião, sublinhando que esta mostra já “alcançou um prestígio e notoriedade ao nível local e regional”, Andreia Paiva explicou que este sucesso é “fruto de muito trabalho e de várias alterações que vamos fazendo, num trabalho de cooperação com as instituições locais”. Garantindo que contaram com “o melhor e mais genuíno artesanato local e regional, e com sabores mais tradicionais, acompanhados por uma animação popular variada”, a secretária da União de Freguesias de Vila Cova de Alva e Anceriz referiu que esta festa proporcionou “três dias de grande animação”, desempenhando “um importante papel na divulgação e promoção das artes tradicionais, bem como das especialidades gastronómicas”. Já Nuno Espinal fez a apresentação do livro de poemas ao “Nosso Jeito”, de autores da União de Freguesias, explicando que “este ano, resolvemos fazer a edição de um livro de poetas ligados à União de Freguesias”, sendo que “cada uma das localidades tem um representante”, ressalvou. Revelando que, neste livro, estão expressos “sentimentos de todos nós que escrevemos pelas terras que amamos”, o provedor da Misericórdia de Vila Cova de Alva sublinhou que, na elaboração desta obra, “tivemos a colaboração de Nuno Mata”. Presente também nesta cerimónia, Luís Paulo Costa felicitou a União de Freguesias de Vila Cova de Alva e Anceriz por organizar esta 8.ª Mostra de Sabores e Lavores, constatando que se trata de um evento que “tem-se vindo a afirmar”. Destacando que esta iniciativa é “uma oportunidade para todos nos encontrarmos”, o vice-presidente da Câmara de Arganil que, em seguida visitou os expositores presentes, acompanhado por António Tavares, acrescentou que permite também “reviver os aspetos tradicionais da cultura gastronómica da nossa terra”. Para além disso, “é uma forma de obter algum retorno económico”, declarou, defendendo que “se pretendemos fixar pessoas e criar mais riqueza, temos de tirar partido das potencialidades da nossa terra”.