Misericórdia de Arganil quer recuperar antigo hospital Condessa das Canas

Download PDF

A Assembleia Geral da Santa Casa da Misericórdia de Arganil ficou marcada pela aprovação, por unanimidade e aclamação, do respectivo Plano de Actividades e Orçamento, sendo uma das prioridades para 2017 a requalificação e remodelação do antigo Hospital Condessa das Canas, tendo em vista a instalação de uma Unidade de Cuidados Continuados Integrados, cujo investimento ultrapassa os dois milhões de euros e permitirá criar cerca de 25 novos postos de trabalho. Foi ainda realçado, que o arranque da obra se encontra dependente da realização de receitas extraordinárias destinadas a esse fim, cabendo à Administração Regional de Saúde do Centro assumir o montante contratualizado em 2010, no âmbito da então aprovação de candidatura ao Programa Modelar II.Para José Dias Coimbra, “ao longo dos anos a Misericórdia sempre teve em conta a rentabilização do seu património, pelo que, a alienação deste destina-se, tendencialmente, a assegurar a realização de investimento, nos termos definidos pela Assembleia Geral, como será o caso da recuperação do antigo hospital”. O provedor da Misericórdia adiantou ainda, relativamente a esta matéria que, “quer seja para uma unidade destinada às demências, ou mesmo uma unidade vocacionada para a pediatria, é importante avançar com o projecto, cabendo à ARS definir a melhor opção para o investimento que irá ser realizado, tendo por base os pressupostos de concretização das receitas para esse fim”.foto-misericordia