Marcha Rumo à Inclusão na Cáritas de Coimbra

Download PDF

unnamedNo âmbito das comemorações dos Santos Populares, o Centro Comunitário de Inserção, equipamento Cáritas Coimbra, promoveu um momento de partilha entre os técnicos da área da inclusão social e concomitantemente dos utentes que diariamente acompanham. O local escolhido foi o Terreiro da Erva, na tentativa de abrir o Centro Comunitário à própria comunidade, onde também representantes da Câmara Municipal de Coimbra partilharam esta proximidade. Foram convidados todos os comerciantes através da Agência de Promoção da Baixa de Coimbra, que desde o primeiro momento colaborou na organização deste evento. Os comerciantes da Baixinha de Coimbra receberam também visitas dos profissionais e estagiários do CCI que entregaram pessoalmente convites, divulgando o próprio equipamento. Nas comemorações dos Santos Populares, participaram também os equipamentos da Cáritas de Coimbra: Farol, Centro Comunitário S. José, Apartamento de Inserção, Equipa de Rua Reduz, Centro de Dia Sol Nascente, Comunidade Terapêutica de Maiorca e Protocolo RSI. Outras entidades que regularmente colaboram com o equipamento da Cáritas de Coimbra participaram de forma activa neste grande evento. A Escola Superior de Enfermagem, com a presença de professores e profissionais, dinamizaram um rastreio, patente em todo o evento, com a medição da glicémia. O Centro de Saúde Norton de Matos participou com o Grupo Anos de Vida Q(qualidade), no qual um grupo de seniores cantou e encantou, demonstrando através da música a todos os presentes que é necessário fazer exercício físico e cuidar da saúde.A Apojovi/Apósenior, com o grupo de cantares Vivências, trouxe um reportório de músicas tradicionais portuguesas. As tunas, da Escola Superior de Enfermagem e da Faculdade de Farmácia, encerraram com a animação que já lhes é conhecida, trazendo aos utentes das respostas sociais da Cáritas de Coimbra da área da inclusão e a todos os presentes uma lágrima quando se cantou a Balada da Despedida do 5º. ano Jurídico 88/89. Destas actuações resultou uma imagem do que pode contribuir para a inclusão: o gesto de um estudante a convidar para uma dança um dos utentes do CCI. Todos estes participantes têm ligações estreitas com o trabalho actualmente realizado no Centro Comunitário de Inserção, que pretende devolver o seu serviço à comunidade e inserir os seus beneficiários nas redes profissionais desenvolvidas, quer a nível do pequeno comércio, que a nível da optimização das suas habitações. O lema do Centro é “Juntos seremos melhores”, dando a conhecer melhor o serviço do CCI, os outros serão implicados e consequentemente são incrementadas parcerias de inclusão. O lanche foi oferecido a todos os utentes, através dos donativos de comerciantes da restauração de Coimbra. Foi também feita uma quermesse e um mercadinho com produtos elaborados pelos utentes do CCI e produtos cultivados pelos utentes da Comunidade de Maiorca. A Junta de Freguesia de S. Martinho do Bispo patrocinou também este evento através da cedência de duas tendas.