Jardim de Infância e EB 1 de Arganil hastearam Bandeira Verde

Download PDF

O Hino do “Eco Escolas”, interpretado pelos alunos do Agrupamento de Escolas de Arganil abriu a cerimónia do hastear da Bandeira Verde no Jardim de Infância e Escola Básica nº 1 de Arganil, atribuída pela Associação Bandeira Azul da Europa – ABAE. Entretanto, no decorrer da cerimónia, foram distribuídas mensagens ecológicas, terminando com a apresentação da dramatização “O poder está nas nossas mãos”, pelos alunos do 1º e 2º ano. Anabela Soares, que hasteou a Bandeira Verde em conjunto com o presidente da Câmara Municipal de Arganil, e de duas alunas que participaram no Programa Eco Escolas, frisou que, este ano, o Agrupamento de Escolas de Arganil conseguiu atingir o objectivo de ser “um Agrupamento 100 por cento Eco Escolas, em que todas as escolas, pela primeira vez, tiveram a Bandeira Verde”. Recordando que esta iniciativa começou nas escolas EB1 “com muito mérito dos alunos”, a directora do Agrupamento de Escolas de Arganil referiu, satisfeita, que “depois, foi contagiando, no sentido positivo, todas as outras escolas”. Congratulando-se com o trabalho desenvolvido ao longo do ano, Anabela Soares sublinhou que foi “um trabalho com muita dignidade e organização”, agradecendo, em particular, ao professor Jorge Silva, coordenador da EB 1, bem como à Comissão e ao Conselho Eco Escolas, do qual fazem parte várias instituições. Explicando que “a saúde faz parte neste Conselho Eco Escolas também através da Educação para Saúde e não só”, a dirigente sublinhou que “a biblioteca escolar também se associa a estes projectos”. “Vamos continuar com este projecto e vamos tentar obter um resultado nacional como este ano”, vaticinou, lembrando que “este ano, ganhámos um prémio nacional que foi o depositrão”. Afirmando que o Eco Escolas permite “a integração de todas as escolas num projecto comum”, Anabela Soares reforçou que este projecto consiste numa “acção ecológica, que permite lembrar, que todos os dias temos de cuidar do ambiente e fazer acções concretas”. unnamed