Filarmónica Flor do Alva com os olhos postos no centenário da Banda

Download PDF

Ainda faltam alguns meses para que a Sociedade Filarmónica Flor do Alva complete cem anos, o que acontecerá a 18 de Abril. Porém, os seus dirigentes já elegeram aquela comemoração como o “ponto alto”, do ano que se avizinha. Nesse sentido já está a ser constituída uma equipa de trabalho para preparar o programa para esse dia. “Queremos que seja um aniversário em grande porque 100 anos não se fazem todos os dias”, declara João Gonçalves, ao RCA,IMG_20171217_162702 no final do almoço de Natal daquela colectividade de Vila Cova de Alva, adiantando que nesse dia serão efectuadas “algumas homenagens”, designadamente “aos executantes e maestros que passaram por aquela casa”, pretendendo-se que “seja criado um livro com a história da banda”. Entretanto, o 1.º CD da Filarmónica também ficará disponível, o que se prevê que aconteça no mês de Fevereiro. “Por atraso da empresa que fez a gravação, este trabalho ainda não está na nossa posse mas, à partida, estará em Fevereiro”, referiu o presidente da direcção da Filarmónica Flor do Alva, adiantando que terão á venda 500 exemplares, por dez euros cada”. “O momento alto deste ano foi a gravação do nosso CD, em Janeiro”, confessou o dirigente, regozijando-se por terem conseguido alcançar este desígnio, até porque, secundou, “os homens e as mulheres que estão e que passaram pela Flor do Alva mereciam isto”. “Sons de Sempre”, será o subtítulo do CD, constituído por doze temas, que representam “toda a vida da banda, desde a sua fundação até agora”, e, aventa o dirigente, “tendo em conta que já temos pedidos do estrangeiro, da Câmara Municipal de Arganil, da União de Freguesias de Coja e Barril de Alva e de muitos particulares, vamos conseguir vendê-los”.