Filarmónica de Arganil apresenta sábado novo fardamento

Download PDF

Á quase dez anos que a Associação Filarmónica de Arganil não renovava o seu fardamento. “O tecido já estava a ficar desgastado e a perder alguma cor, as fardas já não tinham o mesmo brilho e já precisávamos que os nossos executantes se apresentassem com mais dignidade visual”, referiu Artur Dinis. Assim sendo, e decididos a renovar o fardamento, lançaram o ano passado uma campanha de angariação de fundos para aquisição de perto de cinquenta fardas, ou seja, o numero de elementos que constitui esta banda com mais de um século e meio de vida, e a adesão dos associados e amigos não poderia ter sido melhor. “Está tudo a correr bem, ainda não temos o dinheiro todo, mas na altura certa iremos tê-lo, com certeza, para fazer o pagamento integral da farda”, garantiu o presidente da direcção da Banda, sustentando que “as pessoas continuam a aderir á instituição, é muito querida para todos, têm-na no coração, já tem 163 anos, nasceram a ouvi-la, continuam a ouvi-la e morrem a ouvi-la”. “Quando lançamos uma campanha, aderem sempre, com pouco ou muito mas aderem sempre, foi assim com a campanha de renovação do instrumental que ficou em dez mil euros e está a ser assim com esta campanha”, reforçou o dirigente. Note-se que esta campanha contou com uma particularidade, para que todos pudessem participar, e se “sentissem parte integrante da Filarmónica”. Com efeito, foi dada a possibilidade, a quem quisesse contribuir, de comprarem por exemplo umas calças por 40 euros, uma camisa por 20 euros ou uma gravata, por 15 euros. “Mas há quem tenha comprado uma farda inteira de 180 ou 200 euros”, revelou Artur Dinis. A apresentação do novo fardamento, orçado em 12 mil euros, terá lugar sábado, no salão multiusos da antiga Cerâmica Arganilense, a partir das 20h:00, com a realização de um jantar de gala seguido de uma noite repleta de música. Assim sendo, após o repasto, irá actuar a Filarmónica de Arganil para apresentação do seu novo fardamento, seguir-se-á o grupo Sax e Companhia que primeiramente actuará sozinho e depois em conjunto com a Filarmónica e por fim o grupo de danças de salão e latinas de Góis que “irá dançar alguns temas e desafiar o público presente a um pé de dança”. A entrada é livre, ficando á consideração de cada um dar ou não um donativo á Filarmónica, apenas a inscrição é obrigatória até ao dia de hoje, podendo ainda ser efectuada através do número, 919 094 853. Quem não quiser jantar, poderá somente assistir aos concertos, pois como reforçou o dirigente, “a porta estará aberta para todos”, sublinhando também que, “o facto de ser um jantar de gala não pressupõe uma maneira de vestir formal aos participantes. Todos são bem-vindos”. Expectante com a noite do próximo sábado, Artur Dinis aventa que “o salão estará repleto de amigos”, aproveitando para agradecer “a todos aqueles que já contribuíram ou que ainda o queiram vir a fazer”, pois secundou, “ajudam a enriquecer e a enriquecer a nossa Filarmónica”.   f2f-um