Feira dos Carolos e outros sabores em Folques

Download PDF

feira fotoA Assistência Folquense promove sábado a partir das 12h30, no Terreiro da aldeia, mais uma edição da “Feira dos Carolos e outros sabores”. A ideia partiu da direcção desta IPSS, e desde 2012 que integra o plano de actividades. “Há cerca de cinco anos pensámos em fazer algo diferente, e como os nossos utentes adoram carolos e quando estamos muito tempo sem os fazer, pedem-nos que os confeccionemos, achámos por bem fazer uma Feira dos Carolos”, explica ao RCA Margarida Gomes, acrescentando que o evento também serve para granjear algumas receitas. “Temos 40 utentes no lar, 30 no apoio domiciliário, 10 no centro de dia e 15 acamados com trinta funcionários, e uma vez que as nossas receitas são somente os subsídios provenientes da Segurança Social, a quotização dos nossos associados e alguns donativos de amigos, temos que ir fazendo alguma coisa durante o ano para conseguir mais alguma receita, senão o que temos não chega”, esclarece a presidente da direcção da Assistência Folquense, apontando como exemplos “algumas fornadas de folares e cuscurães que fazemos e depois vendemos ainda que a baixo preço”. No evento, além dos carolos que serão servidos ou com sardinha frita ou com entremeada grelhada, como preferir, poderá ainda optar por nabos de molho, havendo ainda bolo de cebola, não faltando as sobremesas, como a tigelada, o arroz-doce, folares, cuscurães e bolos de fatia diversos. Cada prato custa seis euros, e mesmo que não queira ir almoçar, poderá deslocar-se igualmente ao evento, e adquirir algum dos bolos que se encontram á venda e artesanato efectuado pelos próprios utentes da IPSS. E dessa forma, “estará a ajudar-nos”, reforça a dirigente. A animação será uma constante ao longo do dia, estando a cargo de Paulo Baptista e amigos e dos seus acordeões. O ano passado foram servidas 120 refeições, numero que a regionalista prevê ultrapassar este ano. “Este evento já está na agenda dos Folquenses, dos que cá residem e dos que se encontram em Lisboa e na agenda das pessoas aqui da região, já se habituaram que no ultimo sábado de Agosto temos esta Feira e temos tido cada vez mais gente de ano para ano, por isso este ano não esperamos servir menos de 120 refeições, mas mais”, refere com satisfação Margarida Gomes.