E-MOTION quer promover a arte na Beira Serra

Download PDF

Vai ser apresentada no próximo domingo no decorrer de uma conferência de imprensa, a ter lugar no auditório da Biblioteca Municipal Miguel Torga, em Arganil, pelas 16h00, uma nova associação juvenil, designada de E-MOTION. Segundo Inês de Castro, presidente de direcção, esta associação, sem fins lucrativos, nasceu no passado mês de Abril, no distrito de Coimbra, com o intuito de “promover e desenvolver iniciativas artísticas com finalidades formativas, culturais, sociais, recreativas e desportivas”. Garantindo que “rege-se pelos valores da dedicação, responsabilidade, formação, hombridade, rigor, competência, educação, cidadania activa, pensamento crítico e criativo e cooperação”, a dirigente explica, em comunicado enviado ao RCA , que E-MOTION significa “por um lado, a emoção inerente à vida do ser humano, afecto e subjugado às paixões que o fazem deliberar e decidir de um modo mais envolvente com a sua circunstância e, por outro lado, uma referência à dança, enquanto movimento ininterrupto e consciente, o movimento que não pára e que não se deixa captar por uma pose esteticamente alcançada e cristalizada”.“Será assim a nossa ação, jovens alérgicos à passividade que, voluntária e incansavelmente, agirão com dedicação e paixão por uma causa maior, a de mudar as dinâmicas culturais da sua região e intervir com brio e verticalidade nas agendas artísticas, oferecendo novas oportunidades aos seus pares”, acrescentou Inês de Castro, revelando ainda que “a criação da E-MOTION prende-se inexoravelmente com a premência de ofertas culturais e de formação de âmbito artístico aliadas a uma profissionalização dos agentes que confiram uma criteriosa e idónea transmissão de conhecimentos”. Adiantando que a E-MOTION “seguirá linhas de acção de promoção do associativismo juvenil de base local, cujo contributo para a educação não formal se expressa como uma ferramenta capital na construção do perfil dos novos jovens e adultos do futuro”, a presidente de direcção desta nova associação juvenil garantiu que seguirá também “linhas de acção de desenvolvimento de formas artísticas que estimulem as suas capacidades e ofereçam espaços de promoção das várias artes, numa zona interior do país, característica pelo seu isolamento e oferta”. “Neste sentido, pretender-se-á reforçar as dinâmicas culturais do concelho de Arganil, intensificar o movimento associativo, impulsionar expressões artísticas, alicerçar a entreajuda, cooperação, solidariedade e cidadania activa dos jovens e colaborar com outras associações, federações e entidades com fins similares”, assegurou, concluindo que “a valorização e a descentralização da arte será, assim, um eixo preponderante na conduta da E-MOTION, cujas práticas almejarão sempre a formação humana dos jovens da Beira Serra”.