“Crise e Transformação” em Góis a partir do dia 1 de Fevereiro

Download PDF

O Município de Góis e a artista Teresa Rodrigues convidam todos os interessados para a inauguração da sua exposição de pintura, intitulada “Crise e Transformação”, a qual estará patente no espaço de exposições temporárias Alice Sande, de 01 a 28 de Fevereiro. Em nota informativa a artista deixa “algumas palavras” alusivas á referida mostra. ” A palavra chinesa crise é escrita com dois traços de pincel. O primeiro significa perigo, o segundo, oportunidade.Transformar a crise numa oportunidade.Penso no corpo duma mulher, que muda durante a gravidez, não sem perigos, não sem desequilíbrios… daí que toda a gravidez seja vigiada pelos profissionais da saúde…penso no resultado da mudança…um novo ser que se desenvolve e nasce… vem ao mundo.Penso no bebé na barriga da mãe… quentinho… protegido… alimentado… mexe-se na sua casa meia líquida, meia mole e sem arestas vivas…Até que chega o momento de vir cá para fora, não é fácil!A primeira respiração! Começar logo com uma palmada, com “violência”! Um empurrão para viver!…O bebé chora! Tem mesmo de chorar… crise momentânea. Mas o nosso mundo é tão belo… cheio de amor envolvente… o bebé recém-nascido vive tranquilamente… feliz…”Ainda no âmbito desta exposição, o Município de Góis e Teresa Rodrigues apresentam no dia 18 de Fevereiro pelas 15h:00 na Casa da Cultura de Góis a tertúlia, “Crise e Transformação”  seguida de um concerto de guitarra a solo por  João Rodrigues.unnamed-5