Concerto solidário amanha em Coja com Micaela e Paco Bandeira

Download PDF

Desde o incêndio do passado mês de Outubro, que fustigou bastante o concelho de Arganil e neste caso a União de Freguesias de Coja e Barril de Alva, esta freguesia já procedeu a algumas acções de limpeza e de reflorestação. Porém e porque ainda há “uma vasta área que é necessário reflorestar”, a União e Progresso de Barril de Alva, sedeada em Almada, teve a ideia de promover um concerto solidário com vista a angariar fundos para reflorestar aquela União de Freguesias. “A União e Progresso do Barril de Alva já arranjou umas árvores para reflorestar a zona de baldios existente no Barril de Alva e que ardeu toda”, revelou o presidente da União de Freguesias sublinhando, no entanto, que “ainda há muito a fazer”, apesar de também já ter sido feito “um trabalho de limpeza dos terrenos, sobretudo a mata, no Barril de Alva”. Nesse sentido os dirigentes daquela colectividade conseguiram granjear dois artistas, Micaela e Paco Bandeira, que juntamente com o duo Oblivion, se disponibilizaram graciosamente, para actuar no referido concerto que terá lugar amanha, pelas 15h:00, no pavilhão da Casa do Povo de Coja. Entretanto a União de Freguesias também se associou a esta iniciativa, pedindo, por sua vez, a colaboração à Liga Regional Cojense, que, frisou João Tavares, “desde a primeira hora, se prontificou a ajudar na organização”, e acrescentando que o Duo Oblivion, são “dois estrangeiros que vivem connosco e que se prontificaram a participar”. A entrada é gratuita, por isso cada pessoa que quiser contribuir, “deverá dar um donativo para a compra de uma árvore”, explicou o autarca local, aguardando “muita afluência” a este concerto, já que se trata de uma iniciativa solidária. “Estamos a contar que as pessoas se juntem a nós”, vaticinou João Tavares, recordando que, “todo o contributo é bem-vindo para que o nosso concelho e a nossa freguesia se vão reabilitando da tragédia que nos assolou em Outubro”. Desejando que “tudo corra bem”, o presidente da União de Freguesias de Coja e Barril de Alva apelou de facto “á participação de todos”, uma vez que, sustentou, “os artistas que participam são de nome nacional, sendo uma oportunidade também para as pessoas os ouvirem e ao mesmo tempo para ajudar na reflorestação do nosso concelho, nomeadamente da nossa freguesia, que está muito negra”. Até porque, sublinhou, “mesmo que chova, ninguém vai molhar-se”, uma vez que o concerto irá decorrer em espaço fechado. Agradecendo também ao Agrupamento de Escolas de Arganil que “nos ajudou a fazer os cartazes”, o autarca local lembrou que nesse dia “vão haver várias actividades no concelho”, mas ainda assim, reforçou, “vamos ver se as pessoas aderem”, aproveitando para dar a conhecer que amanha de manha também irá decorrer na Praça Dr. Alberto Vale, a Feira da Avó. Assim sendo João Tavares convidou as pessoas a visitarem esta iniciativa, que decorrerá até as 13h:00, seguindo depois, após o almoço, para o concerto, que deverá terminar por volta das 18h:00. “Seja solidário” porque “se todos ajudarmos, é mais fácil”, exortou.
Mic