Cinedita esta noite em Arganil

Download PDF

Já é uma referência a nível nacional e as principais rotundas da vila já indiciam a sua realização á algum tempo, com a colocação de equipamentos  alusivos ao realizador escolhido para esta edição, Steven Spielberg. Em causa está a 3.ª edição do Cinedita – Festival de Custas de Arganil, organizado pelo Agrupamento de Escolas, que surgiu em 2016, no âmbito dos cursos profissionais de técnico de multimédia e técnico de vídeo e que recebeu até fins do mês de Março, cerca de 60 curtas, nas categorias de ficção, animação, experimental e documentário. A gala final, que permitirá avaliar as curtas seleccionadas, decorre hoje, a partir das 20h:30, no auditório da Cerâmica Arganilense, num espectáculo que terá a duração de duas horas, com intervalo, e que contará com momentos musicais a cargo dos alunos do pólo do Conservatório de Musica de Coimbra, implementado em Arganil. O júri, que como reforçou ao RCA , Anabela Soares, “são sempre pessoas consagradas na área do áudio visual”, e que, acrescentou, “serão uma mais-valia neste dia em termos de selecção das nossas curtas”, inclui , José Paulo Santos, jornalista da TVI, Tânia Duarte, realizadora e docente de cinema de animação, Sérgio Duarte, videógrafo do ano de 2018 e Manuel Marques, argumentista. O grupo terá a tarefa de escolher o melhor filme, que receberá o maior prémio, 400 euros, atribuído pela Câmara Municipal de Arganil, e a melhor curta em cada categoria, cabendo a cada um dos vencedores, um prémio no valor de 150. Se estiver interessado em assistir á gala, deverá reservar ou levantar o seu bilhete na papelaria da Escola Secundária de Arganil, antes do espectáculo, uma vez que, sublinha a directora do Agrupamento de Escolas de Arganil, “as entradas são gratuitas, mas como queremos que tudo corra bem e assegurar o lugar para todas as pessoas que queiram ver e só temos 240 lugares, assim temos a certeza de que tudo correrá pelo melhor”. Até porque, reforçou, “temos desde logo que garantir o lugar dos nossos patrocinadores e parceiros que nos apoiam e depois disponibilizamos os restantes bilhetes”. Confessando que “as expectativas são elevadas”, para esta edição, a dirigente, deixou um convite para que “usufruam desta gala”, que, acrescentou, “penso que irá surpreender”, garantindo “um espectáculo muito agradável, que será ainda melhor que na última edição”, uma vez que, sustentou, “tem vindo a melhorar de edição para edição”. Quem não puder assistir ao vivo, poderá fazê-lo através da página da Escola Secundária de Arganil, pois os alunos irão fazer a transmissão da gala em directo. “Queremos que Arganil se assuma como a Capital do Cinema Académico, com a realização deste evento”, vaticina Anabela Soares.cinedita dois