Cavaleiros do Alva querem implementar uma escola de equitaçao

Download PDF

O Grupo de Cavaleiros do Alva constituído por dez elementos oriundos dos concelhos de Arganil, Tábua e Oliveira do Hospital gostariam de criar num pavilhão que têm em Meda de Mouros uma escola de equitação. Á margem do 1º Encontro Equestre que o grupo organizou precisamente naquela freguesia de Tábua, Luís Costa adiantou que têm “o projecto em mente”, até porque sublinhou, “temos um equitador profissional, Gonçalo Lobo, que dá aulas e tem uma grande experiência na área” e “já temos espaço”, reforçou, referindo-se ao pavilhão onde já têm alguns cavalos. Neste momento encontram-se a tratar das licenças necessárias para o efeito, todavia lamentou o porta-voz do grupo, “é lamentável que seja precisa tanta burocracia”, alegando que “os municípios deviam apoiar mais a equitação”. Garantindo que se a escola já estivesse implementada já teriam alunos suficientes, sobretudo oriundos dos concelhos de Arganil e Tábua, Luís Costa sublinhou que, inclusivamente, já têm ajudado crianças com hiperactividade e “já temos pessoas de Tondela a quererem trazer para ali os seus cavalos”.ccc