“Candeia- acendalha”, vence Concurso Municipal de Ideias de Negócio em Arganil

Download PDF

“Candeia-acendalha” de autoria das alunas Mariana Ventura, Ana Fidalgo e Filipa Dias, foi o projecto vencedor do Concurso Municipal de Ideias de Negócio que decorreu esta manhaconcurso-foto-dois em Arganil. As discentes, que frequentam o Curso Profissional de Técnicos de Gestão do Ambiente, irão assim representar o município de Arganil na Final Intermunicipal do Concurso de Ideias de Negócio, no qual vão participar os 19 municípios que integram a CIMRC -Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, tendo recebido como prémio, um cheque no valor de 75 euros cada. Em causa, de acordo com explicação das referidas alunas está um recipiente metálico, semelhante a uma candeia antiga de azeite, que irá funcionar com óleo alimentar reciclado, permitindo substituir as acendalhas, produzindo chama. “O objectivo deste projecto é usar a candeia-acendalha não para iluminar mas para acender o lume”, referiram, frisando que “as acendalhas actuais, além de inflamáveis, são perigosas para o meio ambiente, tóxicas e irritantes” e, desta forma, secundaram, “todas as famílias contribuem para cuidar do meio ambiente e da sua saúde, dando utilidade aos óleos alimentares caseiros que, muitas vezes, são largados pelo esgoto ou mesmo na terra”. Note-se que este projecto foi seleccionado de entre nove “ideias de negócio”, apresentadas, tendo ficado em segundo lugar o “Pastel de Nata Bio”, projecto apresentado pela aluna Paula Alves, que consiste no fabrico de um pastel de nata sem glúten e lactose, e que recebeu um cheque no valor de 50 euros e em terceiro lugar ficou o projecto “Ladderseat”, ideia apresentada pelos alunos João Baptista e Cláudio Neves e que visa a criação de um banco “de tamanho reduzido e facilmente transportável” para os caçadores, observadores e vigilantes da natureza, tendo recebido cada um, um cheque no valor de 25 euros.