Caixa de Crédito Agrícola Mutua com nova sede em Arganil dentro de um ano

Download PDF

Já foi lançada a primeira pedra do novo edifício sede da Caixa de Crédito Agrícola Mutua, Beira Centro, CRL, situado na Avenida José Augusto de Carvalho, em Arganil. Prevendo-se concluído no final do próximo ano, o edifício é da responsabilidade do arquitecto Paulo Barbosa, estando a sua construção a cargo das empresas “Construções Castanheira e Joaquim Lda.” e “Construções Gouveia e Filho Lda.”. “É um desejo ambicionado á muitos anos”, confessou Francisco Baptista, sublinhando que ao contrário de “muitos bancos que fecham as suas agências nesta localidade, nós abrimos uma sede e um balcão, porque acreditamos no que é o nosso negócio e na nossa missão sobre o que queremos para a Crédito Agrícola”. Segundo o presidente da direcção da CCAM, Beira Centro, a construção do referido edifício “já deveria ter sido feita há muitos anos, porque com a representatividade que tem nas povoações, já deveria ter em Arganil uma sede com muito mais presença”. O dirigente manifestou-se convicto de que “a nossa região não irá ficar desertificada, como alguns pensam e que estão a virar as costas ao mercado”, esperando que, “os agentes económicos e instituições em geral, pensem da mesma forma”, porque, reforça, “quem acredita no interior tem que ser apoiado de forma diferente”. “Esperamos que aqui seja o banco da nossa região e o banco de todos nós”, aventou o presidente da direcção da CCAM, CRL, agradecendo a presença dos seus colaboradores, o “empenho” dos seus colegas dos órgãos sociais e o “apoio” da autarquia. Na cerimónia, que contou com a presença do cónego Manuel Martins, que benzeu a obra, interveio António Cardoso que reputou aquele momento de “um dia de muita alegria”, uma vez que, sustentou, “aquilo que almejamos há muitos anos, começa a concretizar-se”. Para o presidente da Assembleia Geral da CCAM, CRL e sócio fundador do balcão de Arganil “é a realização de um sonho, na medida em que, fazemos publicidade a nós próprios, estando aqui no concelho de Arganil, nesta via, a competir com os outros”. “É sinal de consolidação da nossa Caixa, de credibilidade e honestidade naquilo que fazemos”, afiançou António Cardoso. Já para Ricardo Pereira Alves este edifício, “será seguramente um espaço de apoio ao desenvolvimento das regiões de baixa densidade, como é o caso do nosso território”, tratando-se a referida cerimónia, no seu entender “de um momento importante que todos almejávamos há muito tempo”. Congratulando-se pelo edifício ficar situado “na futura cidade financeira de Arganil”, uma vez que irão ficar três instituições bancárias seguidas na mesma via, o presidente da Câmara Municipal de Arganil considerou que este novo empreendimento “é algo de muito importante para nós, valoriza o concelho e a própria Caixa de Crédito que é um parceiro fundamental no desenvolvimento da região”. O edil aproveitou ainda a ocasião para “deixar uma palavra de grande apreço e reconhecimento em nome da autarquia, por tudo aquilo que têm feito em prol do desenvolvimento regional, de que somos testemunhas”. 12

Categoria: Notícias

Comentários fechados.