Bombeiros Voluntários de Arganil vão a votos a 3 de Junho

Download PDF

dsc_9387Após a renúncia de António Seco, enquanto presidente da direcção dos Bombeiros Voluntários Argus, terá lugar no dia 3 de Junho, uma Assembleia Geral eleitoral, com o propósito de serem eleitos novos elementos para a Direcção e para o Conselho Fiscal. A decisão foi aprovada por unanimidade, em Assembleia Geral extraordinária, que teve por finalidade deliberar sobre a forma como deveria decorrer a referida eleição intercalar. Note-se que após a renúncia de António Seco, alegando “motivos pessoais”, foram formalizados mais cinco pedidos, de três membros efectivos e de dois suplentes e, por outro lado, o vice-presidente Abel Fernandes, informou desde logo que não aceitaria exercer a função de presidente. Relativamente ao Conselho Fiscal, todos os elementos renunciaram, ficando somente em funções a Assembleia Geral, único órgão que não irá a votos, sendo portanto uma eleição atípica. Entretanto, até á tomada de posse dos novos órgãos, e como explicou o presidente da Mesa, Pedro Pereira Alves, “quer a Direcção, quer o Conselho Fiscal mantêm-se em funções de gestão, para que possam tomar as decisões necessárias, de forma a que aja uma normal articulação com o comando do corpo activo, para que esta Associação continue a garantir a protecção de pessoas e bens”. Refira-se que a data da Assembleia Geral eleitoral, resultou de uma proposta da Mesa, apresentada pelo seu vice-presidente, António Nogueira, que foi aprovada por unanimidade. Assim sendo, a proposta englobava as seguintes datas: os cadernos eleitorais são afixados até ao dia de hoje, entretanto até ao dia 22 de Maio são apresentadas as listas concorrentes e até ao dia 26 de Maio serão afixadas as listas definitivas concorrentes, realizando-se a Assembleia Geral eleitoral no dia 3 de Junho.