Artur Dinis reeleito presidente da direcção da Filarmónica Arganilense

Download PDF

Artur Dinis foi reeleito presidente da direcção da Associação Filarmónica Arganilense para o biénio 2017/2018, entrando assim no seu segundo mandato. Á acompanhá-lo estão na sua maioria os elementos do anterior mandato, pois como frisou o dirigente, “equipa que ganha não se muda”. Assim sendo, Isabel Carvalho mantém-se como presidente da Assembleia Geral e no Conselho Fiscal continua também como presidente António Seco. Entretanto na direcção entraramartur-dinis-foto dois novos elementos, nomeadamente, Cristina Pais Ferreira e José Miguel Rodrigues, membros que, segundo Artur Dinis, “já colaboravam connosco” e que “preencheram as vagas que estavam abertas, uma pelo falecimento do Senhor Óscar Quaresma e outra de um Senhor que teve de pedir a sua demissão porque não podia conjugar a sua vida profissional com a banda”. Alem disso, acrescenta o também comerciante Arganilense, “convidámos o Dr. Miguel Ventura, que estava no Conselho Fiscal, para a direcção”, explicando que, no Conselho Fiscal, “quem preencheu o seu lugar foi a Áurea Vila Nova, a maestrina do nosso Coro”, entrando também para este órgão um novo relator, neste caso, Paulo Videira. Para este mandato a prioridade “será a ida para a nossa nova Casa”, ou seja, a Casa das Colectividades que servirá de sede não só a Filarmónica Arganilense como a outras colectividades da terra, continuando a apostar na sua escola de música que neste ano lectivo conta com vinte novas inscrições, o que deixou visivelmente satisfeito o dirigente. Além disso, Artur Dinis confessou que gostaria de terminar o seu mandato com a gravação de um outro CD, até porque, na Casa das Colectividades, frisou, “vamos ter uma sala de ensaio com todos os requisitos necessários para esse fim”. No que concerne aos corpos sociais, na Assembleia Geral como referimos está como presidente Isabel Carvalho, que tem como vice-presidente Abel Fernandes e secretários Cristina Figueiredo e António Carvalhais. Já na Direcção a acompanhar Artur Dinis, estão sete vice-presidentes, nomeadamente, Pedro Pereira Alves, Miguel Ventura, Alberto Figueiredo, Paula Henriques, Paulo Baptista, Silas Correia e João Reis, como secretários Maria Patrocínia e Anacleto Vaz e como vogais, João Vinagre, João Santos, Cristina Ferreira, Anabela Vinagre, Fernando Afonso, António Dias, José Rodrigues e José Reis. Por último no Conselho Fiscal, como presidente, António Seco, vice-presidente Antonino Bicho, secretaria Áurea Vila Nova e como relator Paulo Videira.

 

Categoria: Notícias

Comentários fechados.