António Pereira Alves agraciado com medalha de mérito prata-dourada pelo município de Arganil

Download PDF

António Pereira Alves, sócio honorário da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Argus, colectividade á qual esteve ligado 45 anos, foi ontem agraciado pela Câmara Municipal de Arganil, com a atribuição da medalha de mérito prata-dourada. A consagração, teve origem numa proposta efectuada pelos vereadores socialistas Miguel Ventura e João Pedro Pimentel, numa sessão de Câmara e subscrita por todo o executivo. Comovido, o homenageado, que recebeu a medalha das mãos do presidente da Assembleia Municipal, Avelino Pedroso, na humildade que o caracteriza, começou por confessar, que, “manifestamente não a merecia, porque tudo quanto fiz, desde que cheguei a Arganil, em Outubro de 1970, não foi mais do que o exercício do dever do bem servir”. O também antigo docente e dirigente da Escola Secundaria de Arganil, oriundo de São Jorge da Beira, mas a residir em Arganil á quase cinquenta anos, confessou “amar este concelho como se fosse o meu, porque ao longo de uma vida de dedicação e amor ao meu semelhante, sempre com respeito e amizade, soube conquistar a admiração que vós tendes por mim e pela minha família”. Sublinhando que a “qualidade do trabalho” desenvolvido nas associações por onde passou “foi desempenhado por equipas dedicadas e competentes”, António Pereira Alves quis partilhar a referida medalha, com todas as pessoas que as integraram, os Bombeiros, os Lions de Arganil e a Escola Secundária de Arganil. Já o presidente da autarquia de Arganil e filho do homenageado, deixou também um agradecimento a toda a vereação pela sugestão da atribuição da referida medalha, acto que, confessou o edil, “nos emociona, nos sensibiliza”. Dirigindo-se aos presentes, que encheram o salão nobre da autarquia Arganilense, Ricardo Alves deixou ainda “uma palavra de gratidão a todos vós pela homenagem que proporcionaram hoje ao meu pai”, confessando que o seu progenitor, “foi, é, e continuará a ser uma inspiração para a nossa vida do dia-a-dia “O Ricardo, a Anabela, a Sofia, o João, a Bê e o Vicente têm muito orgulho tem ti, pai”, declarou, visivelmente orgulhoso.dsc_9325dsc_9364