25 Anos

Download PDF

PRESIDENTE DA DIREÇÃO, JORGE SILVA

Ex.mo Sr Presidente da Câmara Municipal de Arganil, Engº Ricardo Pereira Alves

Ex.mo Sr Presidente da Assembleia Geral do Rádio Clube de Arganil, Sr Salvador Nunes

Ex.mo Sr Presidente do Conselho Fiscal, Dr Pedro Pereira Alves

Ex.mo Sr Presidente da Junta de Freguesia de Arganil, Sr João Travassos

Ex.ma Sra Presidente da Câmara Municipal de Góis, Drª Lurdes Castanheira

Ex.mo Sr Dr. Miguel Ventura, Presidente da ADIBER

Ex.mo Sr Reitor de Arganil, Padre Dr Manuel Martins

Colegas directores, membros da Assembleia geral e do Conselho fiscal, ex-diretores do RCA, funcionários, colaboradores, homenageado e familiares dos homenageados, Comunicação Social, A Comarca de Arganil.

Comemorar 25 anos para uma rádio local do interior poderá parecer uma mera banalidade. Contudo, se atendermos ao facto de muitas das rádios locais entretanto legalizadas na década de oitenta já não funcionarem e nem sequer existirem, confere outro significado e importância a estas comemorações.

Comemorar 25 anos significa reflectir sobre o percurso efectuado, reconhecer as coisas boas, as coisas menos boas, os momentos gratificantes e os mais difíceis, recordar os programas realizados, os colaboradores, os funcionários e as dificuldades técnicas e financeiras para concretizar muitos dos nossos objectivos.

Mas significa também recordar e agradecer o voluntarismo de todos aqueles que ao longo destes anos se empenharam nos órgãos sociais, dando o seu tempo, muitas vezes tirado à família, a sua dedicação e o seu esforço para que a Rádio pudesse chegar aos dias de hoje com a qualidade e projecção que lhe são reconhecidas dentro e fora da região e, agora com a emissão on-line, em qualquer ponto do país e no estrangeiro onde muitos emigrantes escutam as nossas emissões.

Somos uma rádio de proximidade, uma rádio de companhia, uma rádio solidária onde cada ouvinte é um amigo, onde partilham desilusões, preocupações, frustrações, mas também alegrias. Esta nossa vertente, esta nossa função social tem-se acentuado de tal modo que, não temos qualquer dúvida em o afirmar, somos uma das rádios locais mais ouvidas na região e mesmo fora dela.

Passamos, por momentos difíceis mas aguentámos firmes na certeza de que as dificuldades, técnicas, financeiras e humanas, seriam ultrapassadas. Mudámos para instalações mais modernas e funcionais, apetrechámo-nos com meios tecnologicamente mais evoluídos quer ao nível interno quer dos próprios centros emissores. Instalámos, com o apoio da Junta de freguesia e compartes, o repetidor do Piódão quer permitiu levar a nossa emissão a toda aquela região, antes privada da mesma.

Ao nível da programação, temos procurado desempenhar um papel dinamizador e potencializador da nossa região, divulgando as suas iniciativas políticas, sociais, culturais ou desportivas. Só não temos ido mais longe porque os recursos humanos de que dispomos se têm revelado insuficientes para alcançar novos horizontes, projectando ainda mais a nossa rádio e a nossa região.

Chegados a este momento, cabe-nos também reconhecer a importância e o papel de todos aqueles que nos têm apoiado o longo de todos estes anos.

Ao nível institucional, temos que destacar, em primeiro lugar, o Município de Arganil cujos presidentes sempre mantiveram com as várias direcções uma relação institucional correta de colaboração e interesse, ajudando-nos a resolver diversos problemas e colocando à nossa disposição recursos humanos e materiais. Também o Município de Góis tem sido um importante suporte para o nosso funcionamento, apoiando-nos, incentivando-nos e reconhecendo igualmente o nosso papel na sua divulgação dentro e fora da região. Ao senhor Presidente do Município de Arganil, Engº Ricardo Pereira Alves e à senhora Presidente do Município de Góis, Drª Lurdes Castanheira, atuais autarcas, aqui fica o nosso sentido reconhecimento e o nosso agradecimento por ajudarem a manter bem viva «A voz da Beira Serra».

Também uma palavra de agradecimento à ADIBER que, há alguns anos nos ajudou num processo muito importante de modernização e aos nossos autarcas presidentes de junta de freguesia pelo apoio dado, pela confiança depositada e pelo carinho que dispensam aos nossos jornalistas e locutores.

Manter uma rádio a funcionar sete dias por semana, 24 horas por dia continuamente, implica um grande esforço em recursos humanos, funcionários e colaboradores. Temos muitos deles aqui connosco, outros, infelizmente já nos deixaram e outros, ainda, abandonaram por motivos pessoais e profissionais. Por razões financeiras, como compreenderão, não podemos alargar o nosso quadro de funcionários, embora tivéssemos necessidade de, pelo menos, mais um a tempo inteiro. Contudo, contámos e continuamos a contar com uma excelente equipa de colaboradores graciosos e voluntários competentes, dedicados e zelosos, alguns deles vindos ainda do tempo da clandestinidade, do tempo das denominadas «Rádios-Pirata» com estúdios na casa do Brandão.

Orgulhamo-nos, podem crer, desta equipa de gente simples, bons comunicadores que não pretendem atingir falsos protagonismos nem rivalizar com os colegas. Têm sido eles, também, o valioso suporte moral e humano nestes últimos meses mais difíceis mas que a nossa rádio ultrapassou com mérito e excelência, aumentando as audiências, renovando-se e soltando-se, tornando-se mais livre e solidária.

Aos nossos clientes deixamos também aqui uma palavra de apreço pela confiança com que, ao longo destes 25 anos, têm depositado no nosso departamento comercial na divulgação seus serviços e produtos e, temos o exemplo muito gratificante, de empresários que estão connosco desde a fundação da RCA casos da AMMA, Abel Fernandes e Filhos, Soares e Damião e Estilarte. O nosso sucesso está e estará sempre ligado a esta relação de mútua confiança que queremos manter e, se possível alargar.

O sucesso de uma rádio deve-se ao seu auditório, aos ouvintes que consegue angariar e fidelizar. Orgulhamo-nos da sua qualidade e quantidade, do seu amor e carinho da sua disponibilidade em ajudar em momentos difíceis, na aquisição de novos aparelhos, na venda de rifas e na sua afluência aos nossos convívios. Estes, têm-se revelado verdadeiros fenómenos sociais que mereceriam um verdadeiro estudo pois são um caso muito raro e dedicação numa sociedade cada vez mais desgastada, egoísta e egocêntrica.

Homenageámos hoje pessoas que muito deram do seu trabalho e dedicação a esta causa. A sua grande maioria já não se encontra no nosso convívio mas recordá-los-emos sempre com ternura mas também com muita admiração por tudo quanto deram a esta nobre causa. Aos familiares presentes fica o nosso eterno reconhecimento.

Resta-me agradecer a todos a vossa presença neste jantar comemorativo dos 25 anos.

É com imenso prazer que registamos a presença de antigos presidentes de direcção como o Dr Barreto Leite, presidente da Comissão Instaladora, Sr Comendador Homero Marques, António Manuel Fernandes, Prof. António Carvalhais Costa e Professor António Lopes Nogueira, antigos diretores, antigos membros de outros órgãos sociais, ex-funcionários e colaboradores.

Estamos orgulhosos do nosso percurso e do trabalho realizado.

Continuaremos a investir e a renovar, pois queremos uma rádio cada vez melhor ao nível da programação, da projecção social junto das populações, bem equipada e modernizada.

Uma rádio que continue, a dignificar e a projectar esta região e que continuará sempre a ser conhecida como «A VOZ DA BEIRA SERRA».


Pág. 6 de 6

<< Anterior < 1 2 3 4 5 6 >

2017 © Todos os direitos encontram-se reservados à Rádio Clube de Arganil